Browsing Category

Comportamento

Comportamento, Maternidade

ÀS AMIGAS

Eu sei que muita coisa mudou desde que virei mãe. Minha vida agora acontece nos intervalos. Tomo café entre fraldas e mingau de aveia no fogão. Troco de roupa entre uma chutada na bola e uma golada no café. Como um pão com a roupa pela metade, mais outra chutada de bola e o resto do café que ficou gelado. É, dei o passe completo para aquele meio metro de altura que agora corre pela casa arrastando tudo que lhe é de direito e tamanho. Afinal, depois dos trinta aprendemos que é feio falar que não temos tempo. Temos prioridades. E as minhas, que costumavam ser vividas a pleno vapor, ficaram assim, nos intervalos.

Continue Reading

Comportamento

MR. NOBODY E OS NOSSOS CAMINHOS

SPOILER ALERT – Se você nunca viu Mr. Nobody, assista primeiro, vale muito! 🙂

Recentemente, tirei férias compactadas da maternidade. Três dias em Nova York, oh là là. Enquanto a pessoa convencional mira dez dias, entenda, uma mãe passar duas noites fora de casa ressoa na bateria da Sapucaí. Três dias em que o relógio não andou em blocos de comidas e sonecas. Não me lembrava do tanto de tempo que existe quando só existe você – aproveitem, queridos jovens e não tão jovens sem filhos.

Continue Reading

Comportamento, Vida nos EUA

VOCÊ QUER MESMO SAIR DO BRASIL?

O Brasil não está fácil. Pirracento e responsável por muitas quedas de cabelo. A política chora enquanto a inflação puxa as calças daqueles que tentam apertar mais os cintos. O que eu mais tenho escutado nesses últimos dois anos, para a minha triste constatação, é:

Sorte a sua, que saiu daqui.

Continue Reading

Comportamento, Maternidade

TER FILHOS DÁ TRABALHO?

Então eu ouvi – mas filho dá muito trabalho!

Ô se dá. Viver no geral dá um trabalho danado, já reparou? Para começar, você passa os primeiros sete anos num trabalho cíclico de aprender a ser decente: andar, comer com talheres, usar locais apropriados  para atividades apropriadas e não dizer muitas verdades em reuniões familiares.

Continue Reading

Comportamento, Maternidade

POR QUE TIRAMOS TANTAS FOTOS?

Esses dias estava sentada no sofá fazendo cosquinha na barriga do meu filho de seis meses. Como se pode imaginar, os seis meses dele fazem desse momento uma das coisas mais engraçadas do dia. Ele gargalha alto, gargalha gostoso. Por ser tão delicioso ver a cara de alegria dele, eu reluto alguns minutos em seguir o roteiro da vida Instagramizada, mas ser humana que sou, logo vem o óbvio – Ei amor, tira uma foto aqui!.

Continue Reading