Vida nos EUA

TRÊS CAFÉS PARA TE FAZER SAIR DE MIAMI

Antes de ser mãe, a minha vida dependia basicamente de café. Agora com um bebê, quando vejo uma xícara de café eu dou risada. Não que eu faça o tipo ingrata, mas o universo bem sabe o nível na escala Ritcher de sono sísmico que a gente alcança. Susan Miller, se fizesse horóscopo para mães, ficaria mais confusa ainda, o eclipse da lua entraria em colapso nas previsões. Mas se tudo passa, passa também a crise de relacionamento com a cafeína, e por isso a gente já até sai da bolha casa com neném para descobrir lugares novos. Aí que andando por aí e fugindo um pouco de Starbucks, me deparei com três lugares que são para deixar estrelinha fixa no Google. Se você está pelos arredores, saia um pouco da bolha Miami e vem ver só:

        1. SWITCHBOX COFFEE

Fica em Oakland Park, na redoma do Culinary Arts District, área que vem crescendo muito e somando restaurantes, cervejaria da famosinha Funky Buddha e até eventos culinários. A Switchbox é um café pequeno gerenciado por dois proprietários que estão de olho em produtores menores e com mais qualidade. Tem Brasil (alô Poços de Caldas), Etiópia, Colômbia e Guatemala. Tem todo o clima hipster new age que você procura quando vai a um café com 0 laptop na bolsa e tem um doce melhor que o outro. Porque, né? Precisamos. Ah, tem também mesa do lado de fora para sentar e ver o trem passar, literalmente. Ganhou meu coração mineiro.

maravilhosidades

 

        2. BREW URBAN CAFE

Wynwood está para Miami assim como Fat Village está para Fort Lauderdale. A diferença é que aqui você ainda não desvia tanto de poses fotográficas blogueirinhas, até porque são duas ruas e pronto. Tamanho suficiente para ter uma amostra de cada coisa, e dentre as coisas amostradas está o Brew Urban Cafe, um lugarzinho meio intencionalmente difícil de notar e com um dos balcões mais legais dessa vida, fazendo as vezes de biblioteca. Recentemente abriram a porta da garagem que dá para os trilhos do trem. Chame de coincidência, mas esse negócio que enfiar trem onde tem café dá é muito certo. Os mineiros sempre souberam. Os cafés em si, são deliciosos. Até o capuccino tem sabor, coisa rara nos EUA. Só dizendo.

     

  3. GRIND COFFEE PROJECT

Sinceramente, eu achava que Fort Lauderdale viveria para sempre em torno de tudo o que é vida marítima, barcos e aposentados tentando viver os 20 anos aos 60, mas não. A notícia é boa, há muito mais que a ode náutica. O Grind Coffee Project fecha esta modesta listinha para fazermos de vez as pazes com o lado jovem desta senhora cidade. Numa rua sem grandes pretensões, lá está ele espaçoso e confortável. No balcão já avisam, tem variedade mas não tem creme nem açúcar. O café é preto e é de verdade. Tem uma área externa delícia para sentar, tem jornal, mesas extensas e toda a sorte de tomadas. Eu falei que tem linha de trem passando atrás? Não é para ser puxa saco, mas né.

Na sua próxima ida ao consagrado Sawgrass, já sabe aonde ir esticar as canelas. 😉

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply