Gravidez

9 OCUPAÇÕES PARA O 9° MÊS

Eu não sei vocês, mas parece que o último mês dura mais que a gravidez inteira. Não me entendam mal, curti bastante estar grávida. Desfilei a barriga, vi o cabelo brilhar na Sapucaí e me achei uma bolota simpática. Momento especialzona, sabe? Todo um quê astral. Curti mesmo, e sugiro que você ignore os comentários bobos e curta também.

Passaram-se os 8 meses e você fez de tudo: montou enxoval, comprou fralda, arrumou quarto-berço-cama compartilhada-etc, leu sobre amamentação, respiração e concentração. Investigou o puerpério e está sabendo que os hormônios vão dar uma pirada, apesar de duvidar se é possível ainda mais. Fez toda a tarefa de casa achando que não ia dar tempo. Organizou os copos por ordem de tamanho nas prateleiras e seccionou todo o seu guarda-roupas. Tirou umas fotos bonitas e também deve ter comprado os tampa tomadas, como se bebê nascesse engatinhando, né? Deixou o trabalho tinindo pra licença maternidade e está pronta pra vidinha nova chegar.

Tudo isso mais provável se é o seu primeiro. As mães de estrada estão em outro patamar com ocupação de sobra. 

Então chegam as últimas semanas. Parabéns pra nós. Chegamos aqui, cada uma do seu jeito. Aí acontece o que? Você precisa esperar. Sua ansiedade começa a entrar em ebulição e juntando à falta do que fazer, é provável que você esteja querendo ligar para toda a sua lista de contato às 10h da manhã, mas não pode porque as outras pessoas estão ocupadas e continuam vivendo a vida normal. Não se preocupe, vim aqui te dar uma lista do que fazer sem precisar sair dos arredores de casa, afinal se locomover também está difícil né colega? Eu sei.

1 – CONHECER VIZINHOS

Seu médico ou parteira provavelmente te recomendou caminhar. Então pode ir levantando desse sofá. Andar é preciso. Ok que eu nunca fui a mais sociável do bairro, mas se você começa a ver a mesma pessoa todos os dias, é inevitável que um Oi role por si só. Experimente sair todos os dias no mesmo horário e deixe ao universo a incumbência de fazer a magia. No mínimo você vai conhecer alguém legal.

2 – LER UM LIVRO POR SEMANA

Ainda não alcancei essa graça, mas vamos admitir que é possível se tirarmos 70% do tempo que a Internet consome do dia. Verdades. Se você atingir a meta, vem aqui me contar. E ó, não precisa pirar nos livros de maternidade não, escolhe um romance, biografia, coisa nada a ver pra você deixar a cabeça navegar por outras águas de vez em quando. Faz bem.

3 – ESCOLHER UM SITE PARA TESTAR RECEITAS

O negócio é o seguinte: tem quem ama cozinhar, tem quem queima misto-quente e tem quem faz um arroz com feijão decente. Estou na última categoria. Eu amo mesmo é comer. Mas já que o tempo está sobrando, por que não arriscar? Então a dica é você achar um site legal, que tenha a ver com o seu gosto, porque nesse mundo de receitas, você vai enlouquecer no Google e acabar não fazendo é nada. Além disso, as receitas vindo de uma mesma fonte tendem a usar ingredientes parecidos, o que facilita o supermercado. Estou seguindo o Comidinhas, da Ale, pessoa fofa com quem trabalhei nos idos de 2013. Ela faz uma coisa que eu amo: pratos únicos. Sem essa de ficar a louca das panelas e as combinações são bem gostosas. Testei o pasta alla norma, essa abóbora com ricota e estou mirando na fritada assim que o pequeno nascer porque tem gema mole. Tudo delícia e relativamente fácil.

4 – PROCURAR CAMISAS E VESTIDOS COM BOTÃO

Está achando que é fácil colocar os bonitos para fora o tempo todo? O e-commerce é seu melhor amigo. Bom já ir se acostumando.

5 – IMPRIMIR SUAS FOTOS

Por aqui, é old school mesmo. Adoro álbuns. E acho que a vida vai ficar tão doida depois que o bebê nascer (tô lendo coisa demais) que estou deixando álbum de grávida terminado. Aqui nos EUA, tem vários bonitinhos com toda a ordem cronológica e espaço para escrever seus comentários e colocar fotos. Comprei esse aqui por 11 dólares na Amazon:

Oun ^.^

6 – DORMIR

Até onde a bexiga deixar ser possível.

Boa sorte.

Boa sorte 🙂 Aproveita e vai lá na Jana Romanov conhecer esse projeto de fotografia.

 

7 – ACHAR GRUPOS DE PAIS NO FACEBOOK

Use Mark a seu favor. Tem grupos maravilhosos escondidos por aí cheios das dicas malemolentes. Vá por região já que tem muita dica de comércio local. Assim ó, no menu lateral esquerdo do Facebook tem Grupos > Descobrir. Pá, foi.

8 – FAZER QUALQUER COISA COM SEU PARCEIRO/A

Qualquer coisa mesmo. Assistam filmes, caminhem, não caminhem, aproveitem várias refeições bem demoradas, tomem banho juntos, peça massagem no pé, nas costas, no pescoço e cabelo, fiquem imaginando como vai ser a vida, visualizem juntos os momentos que vocês estão ansiosos para chegar. Passem manteiga no pão um do outro. Sei lá, inventem. E aproveitem.

9 – NÃO FAZER NADA

Sem o menor peso na consciência. Aproveite para abusar da boa vontade alheia, afinal você está cozinhando uma pessoinha. Falta pouquíssimo tempo para você não ter mais tempo de ler listas na internet. E tudo vai ser diferente. É o que dizem, estou para descobrir. : )

Previous Post Next Post

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply